Candidato à presidência dos EUA promete reunir o Pink Floyd

Estado Islâmico, mudanças climáticas, pobreza, violência, controle de armas. Nada disso parece ser uma prioridade para o governador de Ohio, John Kasich, que prometeu tentar reunir o Pink Floyd se ele virar presidente! Em uma entrevista para a CNN ele esclareceu a promessa um tanto peculiar de campanha:

Roger Waters é um artista notável,” ele disse. “Eu vi a turnê “The Wall” em Pittsburgh, e era absolutamente incrível. E se eu for presidente, eu vou de uma vez por todas tentar reunir o Pink Floyd para eles tocarem algumas canções.”

Qualquer ser humano minimamente informado e fã de música sabe que essa missão não será nada fácil, já que o próprio David Gilmour disse ano passado que a banda já tinha dado o que tinha que dar: “Para mim, acabou.” Gilmour está atualmente em turnê mundial, que passou pelo Brasil no final de 2015 com seu mais recente álbum “Rattle That Lock“, e também afirmou que estava “bem certo” que o 15o álbum da banda “The Endless River” seria o último.

A banda não se apresenta junta desde a aparição que fizeram no Live 8 de 2005, então é fácil dizer que o candidato é um cara bem otimista!