DAVID BOWIE ESTREIA “BLACKSTAR” NO TOPO DA BILLBOARD

Quem diria: David Bowie precisou suspirar pela última vez para ser agraciado pela primeira vez com o primeiro lugar no top 200 da Billboard. É isso mesmo. O cantor nunca havia alcançado o topo de uma das paradas mais importantes do mundo com nenhum de seus discos. “Blackstar” é o primeiro disco do cantor, que faleceu a pouco mais de uma semana, a estrear e ficar em primeiro lugar.

osl-blackstar

Nossa estrela negra morreu de câncer no último dia dez, apenas dois dias após o lançamento de “Blackstar”. O disso foi lançado via Columbia Records e vendeu 181 mil cópias em sua semana de estréia. Desse montante, 141 mil cópias foram físicas, o que representou a melhor semana de vendas de Bowie desde que a Nielsen Music começou a monitorar os pontos de vendas, em 1991. A maior semana de vendas de Bowie foi com o lançamento de seu predecessor, “The Next Day”, lançado em 2013, com 85 mil cópias vendidas na primeira semana.

Aqui vale uma explicação sobre esse chart da Billboard: ele utiliza-se de multi-métrica, contabilizando vendas de álbuns físicos e streaming.

Claramente, os fãs de música foram movidos pela notícia da morte de Bowie. “Blackstar” atingiu uma excelente marca, mas outros nove álbuns do cantor são fortes candidatos a serem reinseridos no chart. Entre eles, dois títulos já conseguiram entrar em paradas essa semana: a coletânea “Best of Bowie” ficou com o quarto lugar e o sucesso épico  “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars” começou a semana em vigésimo primeiro lugar.

Historicamente, a participação de Bowie na Billoard 200 foi boa: “The Next Day” foi a melhor posição atingida anteriormente, com o segundo lugar. “Let’s Dance” atingiu o quarto lugar em 1983, “ChangesOneBowie” pegou o décimo lugar em 1976, e no mesmo ano, “Station to Station” ficou com a medalha de bronze. “Young Americans” atingiu o nono lugar , “David Live” ficou com a oitava posição em 1974 e “Diamond Dogs”, do mesmo ano, ficou com o quinto lugar.

Na semana passada, uma parte significativa (48%) das vendas foram impulsionadas por downloads e streaming de seus álbuns e músicas mais populares. Com “Blackstar” e “Best of Bowie” na parada, nossa estrela mais brilhante é um dos poucos artistas a ter dois discos entre os quatro primeiros em um chart ao mesmo tempo. A exemplo dele, Adele foi a artista que conseguiu o mesmo feito em 2012, com “21” e “19” entre os quatro primeiros discos mais vendidos no mundo.