Eagles consegue impedir que hotel use o mesmo nome de famosa música do grupo

Por Deca Pertrini

De acordo com a agência de notícias Reuters, os donos de um hotel no México retiraram o pedido de marca registrada, após a banda Eagles abrir processo contra eles.

O grupo conseguiu resolver o processo que abriu no ano passado, impedindo o hotel de se chamar “Hotel California”, mesmo nome da música de maior sucesso do grupo.

A decisão de abandonar o processo foi recíproca, segundo Thomas Jirgal, advogado da banda. O grupo havia processado a empresa Hotel California Baja LLC, que gerencia o hotel Todos Santos, mas as duas partes decidiram, na última quarta, 17, desistir do processo.

Agências de notícias divulgaram que a decisão coincidiu com o dia em que o Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos aceitou o pedido da empresa de hotéis de abandonar a aplicação aberta para a posse do nome.

Segundo a banda, a companhia estava tentando enganar os clientes, fazendo-os acharem que havia uma ligação entre o hotel e a música. Além disso, também os acusaram de fazer uma campanha do hotel para vender itens como camisetas e pôsteres ilustrados com o nome “Hotel California”. Os representantes da empresa negaram e disseram que seria muito improvável que os fãs realmente se confundissem.

De acordo com a Reuters, o hotel, que fica na divisa entre os Estados Unidos e o México, há aproximadamente 1,6 mil quilômetros de San Diego, recebeu o nome de Hotel California quando foi inaugurado, em 1950. O nome havia mudado ao longo dos anos, mas quando os canadenses John e Debbie Stewart compraram o empreendimento, em 2001, decidiram restaurar o nome de origem.

A banda, por sua vez, lançou a faixa no álbum também chamado de Hotel California, em 1976. Segundo Don Hanley, que escreveu a letra junto com Glenn Frey e Don Felder, a composição seria um comentário sobre os seus arredores: “Éramos todos jovens de classe média do centro-oeste. ‘Hotel California’ era nossa interpretação da vida em Los Angeles.”