Music Reports lança ferramenta para começar a solucionar o problema de pagamento de direitos autorais de artistas independentes

Music Reports, empresa especializada em direitos autorais, lançou uma plataforma sem nome que tem como objetivo esclarecer as informações de direitos autorais de milhões de canções, em sua maioria de artistas independentes, que são digitalmente distribuídas por plataformas como CD Baby e TuneCore.

De acordo com o site, eles estimam que entre 500 a 700 mil novas músicas são lançadas em serviços de streaming todos os meses, e a companhia espera garantir que todas as informações de publicação das canções sejam registradas, atualizadas e possam ser combinadas com músicas que estão sendo comercialmente lançadas. Já que a maioria dos distribuidores digitais de música não fornecem as informações de publicação quando colocam as canções em serviços de streaming, quando os selos e compositores são desconhecidos esses trabalhos são direcionados para um sistema de administração de direitos, onde os compositores podem reivindicar essas músicas, permitindo que os direitos autorais sejam pagos.

Mês passado, o Music Reports lançou a sua Dashboard de Editores, que permite que selos menos e administradores criem contas e registrem suas canções no banco de dados Songdex da empresa, que incorpora dados relacionados, incluindo informações de publicação de milhões de músicas, discos e seus donos.

Gravações que combinarem com canções sem conflitos, podem ser licenciadas e recebem o sinal verde para streaming dos diversos clientes do Music Reports, de acordo com o anúncio. A empresa trabalha com cem clientes ao redor do globo, incluindo alguns dos maiores serviços de streaming, como o SoundCloud, Amazon, Deezer, Guvera, Microsoft Groove, Omnifone e Slacker, entre outros.

Music Reports é uma empresa que administra direitos autorais de terceiros que surgiu nos anos 90 cuidando do pagamento de direitos autorais para músicas tocadas em redes de televisão locais durante as transmissões de notícias. Quando o mercado digital emergiu, a companhia diversificou suas operações, utilizando a base de dados que havia construído com seus trabalhos anteriores para auxiliar na coordenação do pagamento de licenciamento, contabilidade e royalties das empresas de streaming.

“O sistema de reivindicação de direitos criado pela Music Reports é um absoluto game changer na indústria por que resolve o problema das “canções sem combinação”, um problema que vem crescendo exponencialmente,” diz Bill Colite, responsável pela parte jurídica da empresa. “Ao oferecer aos editores e compositores acesso sem precedentes para combinar canções e fontes de informações de direitos autorais, a empresa está mudando um problema histórico e ajudando que todas as canções sejam licenciadas e os royalties pagos.”

Enquanto isso não resolve o problema das grandes gravadoras trabalhando juntas para formar uma gigantesca base de dados de canções, ele vai ajudar a superar o obstáculo de dados de canções com vários compositores que são representados por empresas e sociedades diferentes.